Somos humanos

Somos humanos, e em última análise, somos todos passiveis dos mesmos sentimentos e das mesmas emoções. O que nos difere é a capacidade de lidarmos com eles. Alguns de nós possuímos uma facilidade natural de superar o stress de nossa vida cada vez mais atribulada, sem sofrer desgaste físico ou emocional. Outros de nós sofremos pacientemente e de forma quase negligente, relegamos o direito inalienável que todos temos de encontrar a verdadeira felicidade, ou de pelo menos encontrar alguma felicidade e assim reduzir ou minimizar nossos sofrimentos.


Desta forma, nossas vidas são reflexo e são também condicionadas pela importância que damos, e pelo modo como lidamos com os nossos sentimentos, nossas emoções, nossos medos, e nossas ansiedades. Muitos de nós acabamos nos esquecendo de que a saúde física e mental, é muito diretamente afetada pela forma como nos envolvemos com o mundo, como nos posicionamos em relação as dificuldades que enfrentamos, como nos relacionamos conosco mesmos, e como conseguimos gerenciar nossas energias vitais, que nos são inerentes.

Saber lidar com as tormentas e os desafios cada vez mais atrozes a que somos lançados pela fúria da vida atual, é mais do que uma arte, é praticamente um desafio que se bem coordenado muito nos ajudará em nossa caminhada.

Não creio que existam receitas ou de fórmulas mágicas a serem seguidas para a obtenção de algum benefício imediato em nosso bem estar. Fórmulas mágicas não existem, milagres são para mim impossíveis. Receitas gerais e globais geralmente nos remetem na busca de uma felicidade ilusória, posto que não encontrada de dentro para fora, de nada serve. Assim, não espere ajuda prática, quando muito, pessoas sinceras podem te dar força, apoio e podem ser amigos que muito torcem por você, mas é você quem tem que se encontrar.

Agora se você, que sinceramente busca uma alternativa diferenciada de participar da vida, de ser uno com a mãe natureza, de buscar abertamente novas e até certo ponto excitantes formas de lidar com toda energia de vida que nos cerca, e que acaba por se sufocar, lentamente, simplesmente por não dar a dinâmica do viver o seu valor devido, pode contar com os verdadeiros amigos, não para caminhar por você, mas para tentar junto, em comunhão de mentes e de vontades, trilhar sua jornada rumo ao desconhecido, mas real e excitante mundo natural.

Somos matéria, e pela física, tudo que existe possui uma dupla caracterização. Assim somos também energia. Matéria e energia, são a mesma coisa, são originárias do mesmo teor que compõe tudo que existe. A física comprova que matéria e energia são uma polarização dual de representar a mesma substancia, mas acima disto, ou por causa disto, e pela maravilhosa evolução, somos também mente, algo abstrato como idealização, mas algo real enquanto emergência natural da complexidade de nosso circuito cerebral.

Somos frutos de uma natureza, somos natureza e vontade, somos desígnios biológicos e aprendizado, somos muito complexos, somos mais que duais, somos múltiplos, mas somos capazes de nos ajustarmos as mudanças, somos seres sociais e seres adaptáveis. Somos assim frutos também do que desejamos sinceramente ser. Misto de diversos seres, somos reais, mentais e naturais. Nosso momento presente pode ser laboriosamente e constantemente trabalhado, com amor e dedicação, com alguma sabedoria e conhecimento de causa, com vontade e desejo, para nos levar em nosso momento presente, que está continuamente nos chegando do que ainda não é, para termos uma vida mais laboriosa, mais saudável física, mental e espiritualmente, onde possamos encontrar alguma harmonia de viver cada momento presente, sempre como se único fosse, porque o é, em toda sua plenitude, e assim encontrarmos o equilíbrio entre viver, ser feliz, e ajudar o mundo e nossos semelhantes a viverem com dignidade humana suas vidas, muitas vezes sofrendo com eles, e dividindo com eles seu sofrimento, e outras vezes revoltados com o como alguns poderosos inescrupulosos tratam da vida de nossos irmãos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Gostamos de exigir

Recomeçar

Livre arbítrio