Dizem que exagero


Dizem que exagero?

Como?

Sim, dizem que exagero.


Talvez eu seja um péssimo leitor do mundo, mas não sou nada exagerado, muito pelo contrário, sou pacífico até demais. Sou mais calmo do que o deveria ser pela transformação desta nossa (do mundo) sociedade desumana e antissocial.

Conforme “Credit Suisse 2013 Wealth Report”, considerado internacionalmente como um dos mais completos mapeamentos sobre o assunto, pasmem e prestem a atenção: Apenas, eu repito, apenas e tão somente 0,7% da população mundial detêm 41% de toda a riqueza mundial, de novo, menos de 1% dos humanos vivos, detêm mais de 40% de toda a riqueza produzida e acumulada em todo o mundo. E vocês me chamam de alarmista.

A riqueza mundial atingiu em 2013 a cifra de 241 trilhões de dólares. Se esta riqueza fosse igualitariamente distribuída por todos os humanos vivos (eu sei que isto é o máximo da utopia, mas como exercício mental é válido), isto daria cerca de US$ 51.600,00 por pessoa.

Pegando o nosso Brasil como referência, se toda a riqueza acumulada no Brasil fosse igualmente distribuída por todos os brasileiros, isto daria uma riqueza algo em torno de US$ 20.000,00 para cada um.

Como todos os bens são finitos, sempre que alguém tem mais, não importando como o tenha conseguido, significa diretamente que outros possuem menos. Pense nisto e depois continue me chamando de exagerado se você desejar.

Em resumo:

0,7% da população mundial detêm (são proprietários) de mais de 1 milhão de dólares por pessoa de riqueza acumulada (totalizando 98,7 trilhões em dólares)

68,7% da população mundial detêm menos de 10 mil dólares por pessoa de riqueza acumulada (totalizando 7,3 trilhões em dólares)

Assim, somente sendo um iludido, irresponsável, egoísta e sarcástico para conviver bem com o que aqui está: “Viva o neoliberalismo e que se dane a dignidade social e humana. A quem mais tem, que mais se dê, e a quem menos tem, se lhe retire o pouco que tem, ele talvez não precise mesmo, já sobrevive desumanamente.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real