Reinvente-se

Reinvente-se continuamente ou pereça em plena mesmice do que você já é, sem se permitir caminhar pelo que ainda pode ser, e que com boa certeza poderia vir a ser. Reinvente-se continuamente ou seja sempre você, o mesmo você que você já foi um dia e que continua a ser todos os dias. 


Porque devemos mudar? Por três simples razões:

Tudo passa e tudo muda o tempo todo, é preciso que nos reinventemos continuamente para continuar caminhando por este mundo dinâmico e complexo. Devo mudar a mim, para não ser engolido, digerido ou destruído pela dinâmica e pela complexidade do existir deste mundo.

É preciso que nos reinventemos, para encontrar meios, forças e habilidades para impulsionar mudanças nos outros e no próprio caminhar deste mundo, para que as mudanças que com certeza ocorrerão, sejam, pelo menos, minimamente direcionadas a dignificação do humano, e ao engrandecimento e amadurecimento do social. Devo mudar a mim, para que possa ajudar na transformação do que aqui está, e que se transformará de qualquer modo, que pelo menos seja para algo mais humano e social.

E finalmente devo me reconstruir, devo mudar, para deixar exemplos, para crescer enquanto ser humano e ente social. Devo enfim mudar, para possibilitar uma existência plena de mim mesmo, e alguma sincera felicidade com a minimização do sofrimento, polvilhando cada vez mais nosso passar por aqui com algumas alegrias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros