Preconceitos

Porque eu deveria me preocupar com a orientação sexual dos demais, se eles a fazem com respeito, no domínio de suas faculdades mentais, de forma livre, sem intimidação, entre maiores de idade, sem o uso da coerção ou da força, com liberdade e sem ofensas públicas?

Não tenho absolutamente nada com isto. Eles e elas são livres, de total direito, para se sentirem bem, atraídos ou tentados por eles ou por elas, com eles ou com elas e mesmo com eles e com elas.

Todo preconceito é repugnante, de cor, de raça, de gênero, de credo, de não credo, de condição social, de poder econômico, de nível cultural, linguístico, e também o de orientação sexual.

Homossexuais, heterossexuais, bissexuais, transexuais ou mesmo assexuados, todos são livres para expressarem suas opiniões, e exercerem a liberdade de sua orientação sexual. Prefiro mulheres, mas e daí se preferisse homens, se o fizesse com respeito a dignidade social e humana, tinha de ser respeitado pelo que sou e pelo que de humano e social represente. O mesmo vale para preconceitos quaisquer como de cor, de gênero, de nacionalidade, de raça, de credo, de não credo, de condição social, de poder econômico ou de nível cultural. Somos todos humanos (pelo menos na definição da palavra, onde infelizmente muitos de nós não o somos nas atitudes e comportamentos). Somos todos filhos de humanos, por isto humanos. Somos assim dignos de sermos respeitados por todos, enquanto também respeitamos a dignidade humana dos outros, e devemos ter todos os nossos direitos resguardados, nossas liberdades defendidas e nossas obrigações e deveres cobrados, pois em essência todos somos iguais... Para desespero dos preconceituosos, todos viemos da África, todos descendemos de linhas simiescas, todos somos primatas, todos antes de termos o sexo físico claramente diferenciado, antes da inundação pela testosterona nos bebes de sexo masculino, temos a mesma geral composição física, o sexo físico (orgânico)(não o genético) masculino somente surge no decorrer da gestação, após o banho de testosterona. Nascemos sem bens, nascemos nus, todos morreremos, todos poderemos sofrer das mesmas doenças, então, porque o preconceito, e muitos deles por falácias absurdas, e todos eles por ignorância e desumanidade.

Preconceitos, muitas vezes eles atuam de forma sutil e disfarçada, mas continuam sendo preconceitos. Muitas vezes cedemos na tentativa de minimizar e relevar os menores, não podemos, pois que continuam sendo preconceitos. Muitas vezes sequer percebemos que estamos contaminados e contaminando os outros, não interessa, continua sendo preconceito, é preciso cuidado conosco também, e não somente para com os outros. Muitas vezes tendemos a culpabilizar a vítima, isto nos faz mais ainda preconceituosos. Não é uma questão de somente aceitar as diversidades, as diferenças ou as minorias, é uma questão de respeitar, de entender e tornar-se irmão dos diversos, dos diferentes, ou das minorias, e de conviver franca, profunda e em pleno comprometimento humano com estes ou com aqueles.  

Preconceito não é uma questão de opinião, preconceito é crime, e deve ser tratado como tal. Diga não ao preconceito e exija do estado a severa punição a qualquer ato, ideia ou comunicação preconceituosa.

Diga não ao preconceito não pode ser somente uma campanha, tem de ser um comprometimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real