Para ser feliz

Para ser feliz não basta estar vivo, mas é necessário viver.
Para ser feliz não é necessário ter muito, e nem basta ser muito.
Para ser feliz não basta ser, mas é necessário se comprometer.
Para ser feliz é necessário amar a vida, mas não basta amar o viver.


Para ser feliz necessito abrir mão do desejar, necessito amar o que tenho, respeitar todos os semelhantes e saber me colocar no lugar destes. 
Para ser feliz é necessário entender que não existe felicidade plena, que não existe felicidade eterna, e que também não existe felicidade individual.
Para ser feliz necessito entender que a vida é real, breve, única, e social, que não existe segunda chamada, destino, projeto ou mistério.

Desejar ser feliz sem transpiração é o mesmo que desejar matar a fome sem alimentação, se curar sem medicação, aprender sem experimentação, ou compreender sem racionalização.

Ser feliz, muito mais do que uma opção, é uma construção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Gostamos de exigir

Recomeçar

Livre arbítrio