Certa prova cabal


A morte é uma prova cabal de nossa imanência.
As falhas em nossa estrutura corporal e cerebral são provas cabais de nosso não projeto.
O DNA, nossa prova mais cabal de uma evolução comum.

A mente é uma prova cabal de um cérebro bioquímico, e não de algum misticismo transcendental.
O egoísmo é uma prova cabal da pressão e seleção evolutiva no nível do indivíduo.
O altruísmo é uma prova cabal de uma pressão evolutiva no nível do grupo.           
As mitocôndrias são as provas cabais de uma pressão evolutiva pela simbiose.
O respeito, a prova cabal de uma pressão evolutiva de nossa existência como seres sociais.
A paixão, a prova cabal da evolução pela manutenção dos pais unidos pelo menos até que os filhos saíssem da tenra idade.
O amor, a prova mais cabal de nossa humanidade.
A fé, uma prova cabal de certa pressão evolutiva para nos permitir aceitar o que desconhecíamos ao longo dos milhões de anos de nossa evolução.
A esperança, a prova mais cabal de nossa evolução para aceitar que o poder e os bens possam estar longe de nós, sem que surtássemos por não os termos, e assim nos mantermos pacíficos e dóceis.
A mentira, a prova cabal de certa pressão evolutiva pela necessidade da eterna escalada bélica entre esconder o que penso e o que sinto, ao mesmo tempo em que decifro o que pensas e o que sentes, tudo em nome de certo poder e sobrevivência.

A libido, o desejo, a tentação e o anseio pelo prazer, são a prova mais cabal de nossa animalidade humana, pela preservação de nossa espécie.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Gostamos de exigir

Recomeçar

Livre arbítrio