Será que ainda existe alguma dúvida

Será que existe alguma dúvida sincera de que somos (os humanos) oriundos da natureza? Que evoluímos de outros animais, e que estes evoluíram de outros seres, até algum ser primogênito, pai e mãe da vida, de toda a vida? Será que alguém ainda duvida que a natureza existiu antes de nós? Que desta forma a natureza é independente e livre do humano, mas que em contrapartida, e felizmente, o humano é totalmente dependente da natureza? Se existimos é porque antes de nós existiu e existe até hoje a natureza? A natureza aqui é tudo o que existe, é aquilo totalmente imanente, que pode ser de alguma forma reduzido a matéria ou a energia, ou que destes necessita ou emana, ou mesmo, é a natureza, algo que ainda possa ser descoberto, mas que está sob o escopo de tudo o que existe, que independe de qualquer mistério, de qualquer misticismo, ou de qualquer ser mítico ou místico, ou mesmo que independe da criação, por “obra e graça”, por ação ou vontade, por verbo ou ação, de qualquer ser maior, não material, sobrenatural, ou supernatural, como se parte do todo que existe não fosse, não sendo parte natural deste todo, enfim, de alguma instância de algum deus. Não somente nós, mas toda e qualquer vida, somente foi possível, pois que antes existe o natural físico e químico, dando suporte e constituindo parte de toda e qualquer vida. Por favor, não me entendam mal, ou não deturpem o que desejo falar, jamais diria ou induziria que a vida pode ser não natural ou que ela não é importante, ela o é, bela e importante, mas totalmente natural e imanente, mas que como biologia necessitou antes da física e da química, assim como o mental, somente pode emergir, depois que a natureza fez o salto do físico-químico para o biológico, e deste mais um salto para a emergência do mental, o que implica que para ser mente necessita primeiro que seja biológico e que respeite toda e qualquer regra ou princípio biológico, e antes ainda seja químico, e que assim também respeite todas as regras e princípios químicos, e antes ainda que seja físico, e que desta maneira respeite tudo que o físico é e representa. Isto não retira ou diminui em nada o brilho e a beleza do ser natural, pelo contrario, enobrece mais ainda o natural, como algo pujante, dinâmico, poderoso e transformador, cheio de possibilidades, algumas talvez que sequer ainda conheçamos, ou que ainda virão a emergir como transformações do porvir.


Será que ainda existe alguma dúvida de que somos naturais e que da natureza viemos, que somos pó das estrelas, que um dia nada fomos enquanto seres e que em breve a este eterno nada do ser retornaremos? Sim, a nossa realidade pode não representar a realidade absoluta em si, pois que a nossa realidade é uma interpretação, nasce da relação da realidade absoluta com o subjetivo de nossa mente, assim apenas vemos em parte, e entendo que nunca veremos em todo, pois que até mesmo nossa objetividade é inerentemente subjetiva, nada percebemos que não seja resultado de processamento cerebral sempre a posterior de qualquer impulso que recebamos do mundo externo, mas isto não faz da realidade absoluta algo ideal, algo não real, isto apenas deve elevar nossa humildade em saber que a nossa realidade é subjetiva e pode estar (e com certeza estará de alguma forma) contaminada de preconceitos e filtros, alguns dos quais que sequer temos como conhecer e perceber. Somos seres naturais, seres materiais, seres sociais, seres históricos e seres subjetivos, mas não menos reais ou verdadeiros, apesar de podermos agir como falsos seres humanos, ou melhor como desumanos.


#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
livre pensar   livre pensador   livre pensadores
Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real

Sexualidade, algo sério e que merece respeito