Responsáveis

Todos somos responsáveis por todos, Sartre repetia.

Somos todos responsáveis por tudo, diante de todos, repetia Dostoievsky.

Onde todos se respeitassem e se sentissem responsáveis por todos, cada um seria mais livre na liberdade envelopada pelo direito dos demais, e a humanidade poderia ser existencialmente e verdadeiramente social, digo eu. “Todos deveríamos ser responsáveis por todos.”, e “Todos deveríamos ser responsáveis por tudo, diante de todos.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Uma vida é algo temporal

Carta de Richard Dawkins para sua filha, quando ela (Juliet) completou 10 anos