Que paz é esta

Soldados da paz? Sim, mas principalmente revolucionários de nós mesmos, pela transformação do que hoje é, não por uma paz manchada pela fome, pelo descaso social, pela exclusão, ou pela submissão da força, na manutenção de alguma paz que interessa unicamente aos donos do poder, de uma paz factoide onde o comércio internacional de armas escolhe onde criar ou acirrar conflitos, e fatura horrores, pelos mesmos horrores que cria, pela luta por uma paz onde o maior interessado é o poder pela manutenção, e expansão de seu próprio poder.


Que paz é esta onde parte da população é explorada, excluída, humilhada, subjugada, preconceituada pelos interesses vaidosos, especulatórios, e enriquecedores de alguns.
Que paz é esta onde a fome impera em áreas quase que abandonadas pelo estado.
Que paz é esta onde jovens, em sua maioria negra morrem, e quase não choca ninguém, muito menos ao próprio estado.
Que paz é esta onde uma maioria negra é mantida submissa em nome daquela mesma paz.
Que paz é esta onde o liberalismo manda e desmanda, e se impõe como uma espécie de virtude teísta.
Que paz é esta onde na ausência do estado, na ausência de uma política social de segurança, onde na ausência de políticas humanas sociais, econômicas, na ausência de políticas integradas com saúde, educação, desenvolvimento social, segurança, e infraestrutura, levam crianças a crescer vendo como amigos, parceiros e colaboradores, pessoas ligadas ao tráfico, ou ao crime em geral.
Que paz é esta onde a repressão é mais importante que o desenvolvimento social.
Que paz é esta onde ações de inclusão social são vistas como custo, como desnecessárias, como protecionistas, e não como investimento humano e social.
Que paz é esta onde a insensibilidade humana coloca a empatia como uma mera palavra de dicionário, ou de algum tipo especial de aplicação apenas para com os nossos.

Sim, busco ser um soldado da paz, entretanto de uma paz humana, social, natural, digna, inclusiva, libertária, de uma paz verdadeira, de uma paz onde o humano, o natural, e o social sejam o princípio, o meio e o fim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros