Stress ao ouvir que a Evolução é mera teoria

Eu ainda tenho muito a aprender, tenho muito a aprender sobre mim mesmo e muito a não me incomodar com certas proposições, mais ainda porque eu defendo e respeito abertamente o direito a todos e a cada um de professarem suas “certezas”, ou o que for que alguém desejar falar e argumentar, assim não posso e não devo limitar, intimidar ou restringir o direito de quem quer que seja de se expressar. Então o que me incomoda não é a sua profissão de crença sobre qualquer assunto que seja, eu tenho as minhas, e cada um, no fundo, tem as suas, o que me incomoda de verdade é que eu tenho o dever de defender a liberdade de expressão de cada um, e muitas vezes estes não estão abertos seriamente a conversar sobre seus conceitos. Defender a total liberdade de expressão não é, e nunca será o mesmo que aceitar, concordar ou defender o ponto de vista de cada assertiva que defendo possa ser dita.  Um assunto cheio de preconceitos, dominado ainda, em muitos irmãos em espécie, por conceitos errados e catequisados por autoridades do saber, é a evolução, e uma frase em si me faz ter que dar uma respirada bem profunda para conseguir defender o direito a ser expressa. Ouço várias vezes que não podemos acreditar na evolução, pois que é uma teoria, e assim como teoria pode estar errada, e o criacionismo pode ser verdadeiro, pois que vem de deus. Tive que respirar de novo para escrever isto. De início, o termo teoria em ciência não tem o sentido aberto, solto e quase irresponsável de poder ser apenas uma conjectura inventada. Teoria em ciência, é quase uma lei, apenas que por segurança, como pode ao longo de tempo sofrer melhorias (em alguns casos substituídas por uma mais abrangente e completa), é chamada teoria, mas, que fique claro, para ganhar o título de teoria científica, ela teve de ser checada, “rechecada”, testada, teve de sofrer todas as tentativas possíveis e imaginarias de refutação, teve de ser validada por inúmeros pares, laboratórios, teve de ser modelada, dissecada, e aí sim passou a ganhar o título de teoria cientifica. Eu, sei que de forma grosseira, sempre depois de tentar outras linhas argumentativas, falo para meu interlocutor que a teoria da evolução é tão teoria quanto a teoria da gravitação (que envolve a gravidade) e que pelo argumento dele, esta também é apenas uma teoria e não mereceria crédito. Se fosse assim, por que ele, o interlocutor, não pondo em dúvida a teoria da gravitação, sobe ao mais elevado prédio que conhecer e, pela possível fé que o move, não pula lá de cima, e torce para que a teoria da gravitação esteja errada, e ele possa assim flutuar, e não cair de elevada altura. Outras vezes, eu sei de forma mais grosseira ainda, não sou perfeito, comento que seria muito bom se a teoria da gravitação fosse falsa, e permitisse levar o interlocutor pelos ares, voando, para bem longe de mim, e se possível bem longe deste planeta, para o céu ou o inferno que o espera, conforme parte de sua fé, ou pouca fé.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Recomeçar

Gostamos de exigir

Livre arbítrio