A pluralidade da sociedade

A pluralidade da sociedade deve ser vista como uma virtude e como um sinal de força social e humana, uma vez que este mesmo estado plural já se encontra humanamente em cada um dos seres que compõem esta mesma sociedade.

Somos complexos, múltiplos e plurais, em nossa própria existência. Sendo muitos, nunca ao mesmo tempo, cada um de nós é a realização mental de diversos seres, conscientes alguns, inconscientes outros, desta forma necessitamos de uma sociedade também plural para nosso próprio bem social e humano. A pluralidade individual necessita encontrar reflexo na sociedade que construímos. A ditadura da maioria, ou a arrogante tentativa de limpeza e purificação dos princípios e comportamentos através de uma ditadura moral, limitada e orquestrada, em si mesmo, por dogmas e preconceitos, por interesses corporativos de alguns, pela insensibilidade humana de outros, leva a um estado de fraqueza coletiva, pois que é na diversidade, na variação, e na pluralidade, que as sociedades se sustentam, ganham força, ganham criatividade, e alcançam um brilho humano. É na diferença e na multiplicidade de seres humanos que opera a sinergia de nossa humanidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros

O que somos?

Libertário não significa desordem e nem aceitar as justificativas meramente liberais, não obstante em alguns pontos, meu ideal libertário e alguns princípios liberais se sobreporem