Animais

Animais?
São eles e somos nós, todos nós, isto não pode ser ofensa, isto é sim um elogio. Sou animal, sou homo, sou primata, sou mamífero, sou cordado, sou sexuado, sou natural, e sou natureza. Bela forma de me ofender, dizendo de pulmão cheio o que sou, o que todos somos, sortudos animais que tiveram a infinitesimal probabilidade de existir, e mesmo assim aqui estamos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Educação

Transgressões éticas

Carta de Richard Dawkins para sua filha, quando ela (Juliet) completou 10 anos

Empatia