Desejo e necessidades

Não deveria desejar nada além do que necessito, o problema é que muitos sequer possuem o que necessitam, e outros tantos de nós acabam sempre e cada vez mais aumentando seu limite de necessidades, desejando assim o que dizem necessitar, quando na verdade não necessariamente necessitariam.


O desejo incontido leva, por um lado, a um estado prepotente de posses e poder, por outro lado, leva a um estado de sofrimento por não conseguir seus desejos, e por outro ainda, diminui completamente o estado de satisfação, pois que a volatilidade de muito desejar, nunca nos deixa satisfeitos com o que temos, e ao conseguirmos mais alguma coisa, logo já estamos a desejar outra coisa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O que somos?

Uma breve história, da semelhança à genética, e como a igreja se usou desta visão

Educação