Idade penal

Boa parte do país está preocupada com os “menores delinquentes”, com o risco que correm, mas praticamente ninguém está preocupado de onde veem estes menores, como eles nascem, como crescem, como se perdem para o crime. Que situação social ou in-social eles suportam ao longo de seus anos de infância. Muitos se empenham em diminuir a idade penal, em retirar o máximo destes menores das ruas, outros esperam ganhar mais com a privatização do sistema de penitenciarias, entretanto quase ninguém se preocupa com as causas que levam um número grande de crianças e jovens a estarem perdidas. A preocupação somente surge pelo risco que boa parte deste país sente, e assim, é mais fácil prender, e se possível fosse para sempre, e longe dos olhos e das mentes destes mesmos que não se sensibilizam pelo como estes jovens e crianças chegam a onde chegam. Misturar crianças ou jovens com adultos é dar o golpe final na não recuperação destes. Eu sei que algumas crianças talvez já tenham passado do momento de sua recuperação, mas vamos possibilitar que pelo menos seja tentado, vamos melhorar os locais onde estas crianças e jovens ficam recolhidos, vamos, se for o caso, aprimorar o estatuto que cuida delas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real