Mais e menos

Por mais que eu tente ser menos, acabo sendo muito mais do que o menos que em verdade eu sou, acabo sempre e cada vez mais caindo na tentação de me achar muito mais do que o menos que na verdade implica meu ser, ser. A natureza sempre será mais do que o menos que sou. O natural sempre será mais, e eu como um mero elemento deste todo, que é o mais natural, tenho que cair no real de que sou muito menos do que o mais que minha possível arrogância e vaidade pensam que sou. Por fim, represento individualmente, muito menos, do que o mais que o social é.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Recomeçar

Gostamos de exigir

Livre arbítrio