Nem tudo que parece

Nem tudo que parece é, e nem tudo que é parece ser, assim, pode ser que o que pareça ser não seja, podendo parecer que tudo aquilo que é seja mero parecer, mesmo que não sendo.

Algumas coisas são sem nada parecerem ser, enquanto outras coisas parecem ser mesmo nada sendo. Aquilo que é, é, mesmo que nada pareçam ser, e por simetria, aquilo que parece ser, parece, mesmo que não sendo.

Ser e parecer parecem ser o que são, duas diferentes coisas, são assim uma complexa ilusão do ser que dá mais valor ao que parece ser do que ao que é.

Nossa mente, sendo falha como é, confunde o que é com o que parece ser, principalmente quando parece ser aquilo que gostaríamos que fosse. O parecer tem muito de subjetivo e pessoal, e o que é depende diretamente dos mecanismos, muitas vezes invisíveis, mas que são o que fazem o real ser, sendo o que são mesmo que não pareçam ser.


Mesmo que em uma visão probabilística, dual, incerta ou aleatória, o que é, é, não porque pareça ou deva parecer ser, mas porque simplesmente é, sendo, e muitas vezes parecendo ser não intuitivos o seu ser. O que é não precisa parecer ser, basta sê-lo. Quem disse que o que é, para ser, tem que parecer intuitivo pelo que é? Ser intuitivo, me parece ser uma busca humana muito mais daquilo que na verdade pareça ser, do que uma busca daquilo que realmente é.

O parecer reflete muito mais o superficial, o fenomenológico, e a introspecção, enquanto o ser reflete a existência quântica, relativística ou macroscópica do que é em essência ou em probabilidade. Mesmo esta, reflete um ser positivo, onde até mesmo a aparente aleatoriedade tem seu ser de real, que muitas vezes parece não ser, posto que incluímos intencionalidade nas coisas que são, simplesmente porque induzimos a existência de prévia intenção, que é mais um caso do que parece ser mais não é, por mais que pareça ser que é.


OBS- Muitas coisas são realmente o que parecem: Pareço louco, sou louco, sou humano, ou pelo menos corro atrás de minha humanidade tentando ser um ser social que seja muito mais do que parece ser para os outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Recomeçar

Gostamos de exigir

Livre arbítrio