A vida, sua biomassa é basicamente composta dos quatro elementos mais comuns no universo, Série Curiosidades 6

Apenas para atiçar um pouco mais a curiosidade, referente à vida, gostaria de comentar que compondo cada ser vivo em nosso planeta estão, principalmente, quatro elementos químicos: Hidrogênio, oxigênio, carbono e nitrogênio. Todos os demais elementos juntos contribuem com menos de um por cento da massa de qualquer organismo vivo. Estes quatro elementos que constituem a maior parte absoluta de toda a biomassa neste planeta, coincidem com a lista dos seis elementos mais abundantes no universo. Os outros dois nesta lista, são o hélio e o neônio que quase nunca combinam com qualquer outra coisa. Isto implica que do ponto de vista de abundância, a vida na terra consiste dos elementos mais abundantes no universo, e quimicamente mais ativos no cosmo. Isto por si só parece ajudar a crença de que se a vida surgiu aqui, deva também ter surgido em muitos outros lugares. Se a vida em nosso amado planeta consistisse basicamente de outros quatro elementos, raros no universo, como o nióbio, o bismuto, o gálio, e o plutônio, teríamos uma excelente razão para pensarmos que a vida representaria uma raridade, algo de muito especial no universo, ao contrário disto, a vida por aqui nos faz ter uma ideia diferente, que do ponto de vista físico-químico a vida se utilizou de elementos muito comuns em todo o universo, e que assim, pode ela ser comum fora da terra. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros