Livro com erro grosseiro deve ser eliminado, a menos que se trate de leitura literária, e não de busca séria de saber algum

Se enquanto lendo um livro que acreditasse sério me deparasse com algum absurdo, alguma impossibilidade, alguma desumanidade tamanha, como por exemplo, algo assim, “que a teoria da grande unificação foi efetuada pelo conhecimento matemático-cientifico de Kant, onde a teoria da relatividade “espacial” foi modelada conforme a teoria quântica do caos...” eu teria o prazer de rasgar todo o livro, pois um erro grosseiro, uma mentira descabida, ou uma desumanidade absurda é suficiente para desqualificar todo o restante, pois que no mínimo põem em dúvida todo o restante. Incrível, mas tem livro, que muitos chegam a matar por ele, como se ele fosse o mais sério de todos os livros, best seller de vendas, que não fosse somente cheio de mentiras, impossibilidades, erros grosseiros, e desumanidades absurdas, é repleto de preconceitos e repleto também de incoerência com textos dele mesmo. E por favor não me venham com a falaciosa argumentação de que era o conhecimento da época, pois que este argumento somente corrobora mais ainda com meu descaso com este livro, pois que se o conhecimento era repleto de erros, falhas, mentiras, impossibilidades, desumanidades e preconceitos, porque deveria eu hoje perder tempo em me “emburrecer” com ele...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O que somos?

Uma breve história, da semelhança à genética, e como a igreja se usou desta visão

Educação