Reluz o amor

Do encontro de nossos seres
Troveja afeto
Relampeja luz
E chove amor.

Do encontro de nossos corpos
Ecoa terremotos instintivos
Ressoa tormentas de libido
Borbulha maremotos de paixão;
Energiza, reage e reluz o amor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O sábio é um egoísta que deu certo

Nem sempre o verdadeiro há de ser real