A omissão silenciosa

A omissão silenciosa dos que se curvam ao abandono social, justificando para isto uma impotência pessoal para mudar, acabam sendo elas mesmas multiplicadoras do pleno status atual, e sem perceber ultrajam a dignidade humana, pela omissão para com aqueles que padecem do abandono social.

Posso ter muitas coisas na vida, mas se me falta ousadia para buscar transformação social, se me falta altruísmo ou se me falta vergonha na cara, e sobra insensibilidade para saber me colocar no lugar dos outros, acabo por ser multiplicador natural do que já é, sobra-me omissão, sobra-me irresponsabilidade, e falta-me assim humanidade, dignidade humana e verdadeiro amor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Gostamos de exigir

Recomeçar

Livre arbítrio