Palavras da mãe de Dmitri Mendeleiev

Uma mãe, umas palavras. Palavras da mãe de Dmitri Mendeleiev:

“Evite ilusões, insista no trabalho, não nas promessas. Tenha paciência na busca da verdade científica”.


Sinceramente, nada a acrescentar, vindo de uma mãe, em uma época por volta do ano de 1850 (Mendeleiev viveu de 1834 até 1907). Palavras que repetiria hoje, sem remorsos ou receio algum, para meus filhos. Evite ilusões, fuja das autoridades do saber, fuja das revelações, fuja das esperanças. Insista no trabalho, não nas promessas. Foque no saber e não necessariamente nos outros, mas saiba que você precisará dos outros, mas jamais entregue aos outros o que lhe for importante. Tenha paciência na busca da verdade científica. Tenha em mente que a ciência nada cria, mas que é o descobrir da verdade do que já é, do que existe, do que é tudo, por isso a verdade cientifica é plena de saber, de conhecer, mas saiba que estas verdades devem ter um objetivo maior, que é participar de alguma transformação social, por um bem viver coletivo, saber ou conhecer, apenas para uso vaidoso, perde seu objetivo, busque saber, busque conhecer, para racionalmente ajudar na transformação social do que hoje é vivido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Livre arbítrio

Recomeçar

Gostamos de exigir