O real e o social


O real
Não obstante ser subjetiva (construída mentalmente) toda a percepção que temos do mundo ou de nós mesmos, o real existe e extrapola, em muito, a nós mesmos. Se não podemos perceber direta e objetivamente a realidade do todo, podemos buscar entender como operam as engrenagens desta realidade, não acessível diretamente, mas que dão sustentação à realidade que existe fora de nossa percepção subjetiva, e que opera, em última e primeira instância, este mundo, bem como a nós mesmos.

O Social
Praticamente ninguém duvida que somos seres sociais, infelizmente, entretanto, muito poucos se preocupam, ou se comprometem, realmente, em verdade, em realizar o social como uma essência natural do ser humano. Tendemos a transferir para os outros, para o estado, ou mesmo para própria sociedade, a obrigação de zelar pelo social, mas nos esquecemos que tanto a sociedade quanto o governo, somos nós, que somos individualmente responsáveis, ora direta, ora indiretamente, pelo formato da sociedade, pelo estilo de governo do estado, e mais ainda, somos nós mesmos que damos sustentação a sociedade e ao estado.


O real e o Social
Alguém que tenta ser um realista, sendo um tipo de racionalista que jamais abre mão do Amor como ponto equilibrante frente a uma frieza natural de um racionalismo extremo. Alguém que busca ser humano, e que se compromete com o social, por entender ser humano, ser sensível, ser racional, aquele que busca no social também uma espécie de amar o natural. Ter a realidade como norma, e o social como princípio, é o mínimo que deveria guiar o princípio de vida de todos nós. Somos todos nós, e não, somos nós ou são eles, muito menos os nossos e os deles, e uma vez que entendamos ser todos nós, todos passam a merecer uma dignidade natural de viver.  O Real e o Social é mais do que um site, é o meu estilo de vida, ou melhor, é o estilo de viver que gostaria muito que fosse o meu.

Textos publicados em março de 2014, no meu site "O real e o social" www.orealeosocial.com    
Este site estará sendo descontinuado, por isto republico aqui estes textos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros

O que somos?

Consciência, ingenuidade de interpretação ou intencionalidade de confusão