Você nunca se verá livre de si mesmo


Você nunca se verá livre de si mesmo, assim o que podemos fazer de melhor é nos assumirmos por completo, no que somos, e no que gostamos. No que for ilegal, desumano ou ofensivo devemos nos policiar, sempre em busca de uma humanidade maior, e em todo o resto devemos nos deliciar, curtindo e aproveitando, e que se dane o que os outros pensem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Uma vida é algo temporal

Carta de Richard Dawkins para sua filha, quando ela (Juliet) completou 10 anos