Palavras

Palavras escritas, palavras faladas. Antes pensadas do que impensadas. Palavras fadadas a polêmica ou palavras jogadas ao vento, perdidas no tempo, palavras sempre em andamento, desde o presente momento. Palavras criadas ou copiadas, mas palavras que podem construir, destruir, divertir ou simplesmente palavras danadas, sem força de transformação, sem revolta ou compaixão, palavras arrastadas, abafadas. Palavras envolvidas de loucura ou de prazer, palavras que nos ajudam a crescer ou palavras simplesmente plagiadas ou imitadas, muitas vezes mencionadas, nem sempre amadas, nem sempre notadas, algumas vezes ponderadas outras arrazoadas. Palavras que podem ter sido racionalizadas, muitas vezes articuladas, algumas delas arrojadas, impelidas ao nada e arriscadas.  Palavras, muitas delas corrompidas, prostituídas ou fingidas, mas sempre palavras.


#ateuracional

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Educação

Recomeçar

Gostamos de exigir

Livre arbítrio