Muitas direções possíveis podem me levar ao Amor à vida.

Muitas direções possíveis podem me levar ao Amor à vida.

Não somente ao quase “mesquinho” amor à minha própria vida.
Não somente ao quase “despótico” amor a vida de meus filhos, familiares ou amigos, em especial ao amor aos meus filhos que é biologicamente natural e selecionado, o que não o diminui em nada, nem em beleza e nem sentimento, porém limita-o frente ao amor à vida como natureza, significado, substância e como realização.  
Não somente ao quase “caridoso” amor para com aqueles mais necessitados que conheço ou que venha a perceber ao longo da experimentação do meu viver.

Muitas direções possíveis podem me levar ao Amor inequívoco pela essência e pelo conceito da vida, em toda a sua simplicidade e complexidade, em toda sua força e fragilidade. Aquele sentimento consciente, racional e crítico de Amor por algo que de um salto biológico, trouxe complexidade maior ainda, elevando-se à um replicador biológico onde anteriormente era um algo físico-químico, e que no decorrer de longos bilhões de anos, por erros de cópia e mutações sucessivas fez-se variado e cada vez mais especializado, e que por seleções naturais e sexuais, e também por simbiose e talvez por seleções de grupo, e mais recentemente por seleções artificiais, fez-se quase infinitamente múltiplo e adaptado a todos os rincões de nosso planeta, criando nichos ecológicos mesmo nos mais impensados ou improváveis locais. 
A vida, assim, fez de nosso planeta um complexo e integrado grande nicho ecológico.

Muitas vezes somos cegos a este Amor, que para mim é o mais puro, o mais importante e aquele que abre caminhos para os outros subtipos de Amor, mas que sem este Amor à vida não passam de mera teatralização de algum Amor, sob forma de ritual, ou pela necessidade social de parecermos humanos. Amar, sem Amar a vida, é como viver, sem realizar a própria vida que nos permite por derivação, Amar.


Muitas são as direções que me levam ao amor à vida, ou pelo menos muitas são as direções me permitem conhecer melhor, chegar mais perto e mais firmemente construir meu Amor pela essência, ainda um tanto quanto misteriosa, da vida. Entretanto não são todas as direções que me levam ao amor à natureza e a vida, desta forma é imprescindível um certo querer, um certo respeito e compromisso na escolha de quais caminhos seguir, e em geral podem ser caminhos que necessitem um pouco mais de coragem e ousadia, pois que muitos caminhos fáceis podem não levar a lugar algum, ou podem ao contrário levar ao desamor.


#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros

O sábio é um egoísta que deu certo

Ciúmes