O amor

O Amor não é remédio e nem sinal de proteção contra a maldade ou a traição, mas o amor verdadeiro é um ambiente mental que nos defende contra nossa própria decepção e que nos protege contra o sofrimento impetrado pelas maldades e traições do mundo social. 

O amor não é bem que se possa negociar, e muito menos mágica que nos possa “salvar” de qualquer coisa. O amor é muitas coisas, em verdade entendo que existem muitos “tipos” de amores, uma palavra única para um sentimento-emoção múltiplo, mas mesmo a amor sendo muitas coisas ele não é algo que exista por si só, ele deve ser construído, e nunca construído para nos defender, proteger ou socorrer de nada, e sim para nos completar como seres sociais, humanos e naturais.

A luz que ilumina os justos é a mesma que ilumina os monstros, apenas o amor racional pode nos ajudar na realização de nossa humanidade e assim nos auxiliar na sublimação do sofrimento quando este chegar.


#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O que somos?

O sábio é um egoísta que deu certo

Olhar-se e perceber-se