Viver de verdade deveria implicar em viver a verdade

Viver de verdade deveria implicar em viver a verdade, entretanto isso não ocorre. Em verdade vivemos, todos vivemos, todos sobrevivemos, o viver é real. Uns preferem tentar viver em verdade, outros, por muitas razões, algumas que sequer conseguem eles mesmos perceber, preferem viver em mentiras, mas em essência ninguém vive em verdade absoluta ou em mentira absoluta, não porque não existam verdades absolutas ou mentiras absolutas, mas simplesmente porque nos é impossível conhecer a verdade absoluta em toda sua essência, e ninguém conseguira viver, creio eu, em mentiras absolutas, por que o viver já é uma verdade. Desta forma vivemos em algum espaço, neste degrade natural, entre a verdade e a mentira absoluta. 

É absolutamente verdade que a vida é uma verdade, que a morte é a realidade verdadeira de todos que alcançaram conseguir nascer, e que a mentira é uma verdade existente, que no mínimo nos provoca e nos tenta. É absolutamente mentira qualquer afirmação de que a verdade absoluta não existe, que dependa unicamente do que pensamos, do que e do como observamos, não, não é assim, é mentira que a interpretação da verdade possa ser a própria verdade, isso não é real. 

É verdade que o viver, de verdade, é algo temporal, pessoal e subjetivo, e que somente se faz presente em pleno momento presente. Mas deveria ser verdade, que independente de vivermos solitariamente nossa realização do viver, este viver, haveria de ser um viver social, não na sua intrínseca realização, mas na sua abrangência e complementariedade.


#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Por derradeiro o nada

Ando nervoso