A dor que deveria transformar

A dor da fome transforma a dignidade humana em mera ilusão.

A dor do abandono social transforma o valor à vida em mera ilusão.

A dor da miséria humana transforma o sentido de humanidade em mera ilusão.

A dor do preconceito humano transforma a sociedade humana em mera ilusão.

A dor da exploração transforma a ética humana em mera ilusão.


As dores da fome, do abandono social, da miséria humana, do preconceito humano e da exploração, infelizmente não foram, ao longo do tempo, suficientes para transformar os superiores “Sapiens Sapiens” em verdadeiros Humanos, não obstante nossa máscara de justiça, nossa capa de dignidade e nossa pele de cordeiros. A sociedade é o melhor reflexo de nosso frágil e distorcido ser social, onde a humanidade existe apenas em raras pessoas.

O que me leva a um estado de frustração e desgosto é perceber que no geral nos achamos exemplo de decência e compostura social, exemplos de humanos perfeitos descendentes de alguma divindade especial, é perceber também que muitos se acham algo superiores, como uma ilha de excelência humana, é intuir como mesmo entre aqueles que não se veem como imagem e semelhança de deidade alguma, muitos deles também se veem como um oásis de compromisso humano e social, quando na verdade nada disto é realmente verdadeiro, pois que não se reflete na sociedade tal dignidade humana e compromisso social. Entendo que em verdade, muitos de nós confundem o que gostaríamos de ser, com o que realmente somos, o que a realidade poderia ser, com o que realmente ela é. Basta um rápido, e mesmo despretensioso olhar, para ver que a sociedade que ajudamos a manter não reflete uma existência minimamente sensível para com os irmãos em espécie, para com os demais seres vivos (todos eles nossos primos distantes) e mesmo para com o nosso planeta, aquele a quem cabe dar suporte a nossa real existência. 



#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Por derradeiro o nada

Ando nervoso