Fenômeno e Realidade

Foi-se o tempo em que me bastava o valor de perceber o fenômeno em si acontecendo, foi-se o tempo em que valorizava muito mais o fenômeno aparente do que a realidade imanente, ou melhor, foi-se o tempo em que não me preocupava com a realidade imanente e objetiva que possibilitavam cada fenômeno. O fenômeno é importante? Sim. Mas é a realidade objetiva que hoje mais me interessa, pois é ela o alicerce, a engrenagem, o meio e o mecanismo que da “vida” a cada fenômeno que percebemos. O fenômeno em si também é real, e isto é muito importante, mas ele é apenas a porção superficial, envoltória, aparente, com a qual em geral nossos sentidos diretos, de forma subjetiva, o percebem.

Hoje continuo valorizando o fenômeno, pois é com ele minha relação direta de percepção com a realidade objetiva, o fenômeno tem seu valor, contudo creio entender que por detrás de cada fenômeno, percebido subjetivamente, há de existir pelo menos uma causa real, e um evento real que dá sustentação ao fenômeno, que por trás de cada percepção subjetiva, devem haver origens objetivas, mesmo que em muitos casos sejam elas, as causas reais, o evento real, e as origens objetivas, de difícil percepção.

O fenômeno é também realidade, mas a realidade em si é muito mais do que o aparente fenômeno que nos é possível perceber de forma direta. O fenômeno seria aquilo que diretamente conseguimos perceber com nossos sensores biológicos, mas a realidade nua e crua está além do fenômeno aparente, sendo aquilo que dá sustentação e estrutura, sendo o que normalmente chamo das engrenagens, no submundo do fenômeno, que o possibilitam, que o sustentam, que o permitem se tornar aparente para nós. 



#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros

O sábio é um egoísta que deu certo

Ciúmes