Me arrependo dos erros, contudo mais me arrependo das vezes que não ousei tentar, mesmo que desse em erro

Hoje pela manhã me peguei pensando o quanto me arrependia das coisas erradas que fiz? Não adianta tentar fugir do assunto, com certeza cometi erros ao longo de minha existência, e é claro que sou fortemente tentado a dizer que delas me arrependo. Quem não se arrepende de erros cometidos? Mas. Espera um pouco! Não é tão simples assim. A pergunta está mal estruturada, porque feita de forma simplista. É claro que todo ser humano do bem, se arrepende dos erros conscientemente e/ou intencionalmente cometidos. Mas de novo! Espera mais um pouco! Homens de bem não fazem coisas erradas intencionalmente, ou se o fazem, com certeza delas se arrependeu a muito tempo. A pergunta deveria iniciar com, das coisas erradas que fiz, ou que tiveram como resultado algo humana, social ou naturalmente erradas, quantas eu fiz sabendo do erro, e quantas eu fiz, buscando acertar, ousando fazer algo, ou mesmo tentando simplesmente construir algo? E destas que o estado caótico da realidade levaram a um resultado “errado”, mas que não tinham intenção alguma de fazer algo errado, eu me arrependo de alguma? Mudou sensivelmente o panorama. A resposta é não, pois que ousando tentar, muitas coisas eu fiz coisas que deram para o bem humano, natural e social. E me vem a mente a assertiva, mais eu deveria me arrepender das coisas boas que poderia ter mais fortemente tentado e não o fiz. Não me arrependo dos erros cometidos tentando acertar, mas me arrependo te todas as vezes que de alguma forma não tentei fazer, não tentei iniciar, não ousei ser agente de transformação. 

Desta forma, é claro que me arrependo dos momentos de raiva, dos momentos que me omiti de alguma forma, dos momento que por alguma tentação ou fraqueza cometi erros, mas não me arrependo de todas as vezes que ousei tentar algo, que por fatalidade veio a dar em erro, a intenção me absolve da necessidade de me arrepender nestes casos, mas nada me retira a vergonha e o arrependimento das vezes que pelo contrário, mesmo com vontade de tentar, mesmo com intenção de fazer, deixei de fazer, deixei de tentar, deixei de me expor por algo que poderia dar em bem, mas que também poderia dar em mal, mas de novo, me arrependo por não fazer da intenção uma realidade, de não ter me lançado a tentar...



#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Apenas uma teoria? Como muitos podem ser tão ingênuos, doutrinados ou interesseiros

Absurdos e atrocidades

Ciúmes