VERDADE?


Eles conseguem entender o que sequer consigo perceber.
Eles conseguem perceber o que sequer consigo imaginar.
Eles conseguem imaginar o que sequer consigo crer.
Eles conseguem crer o que sequer consigo pensar.
Eles conseguem pensar o que sequer consigo entender.

Não sou dono da verdade
E nem desejo sê-lo
Não desejo apenas brincar de viver
Mas sim, desejo realizar a vida múltipla, real, natural, complexa e social que nos cabe.

A verdade?
Jamais a conhecerei em sua totalidade
Por mais que tenha vontade
Assim resta-me viver
Realizando a minha humanidade.

Verdade! Esta arredia percepção
Verdade! Esta complexa ilusão
Verdade! Esta contínua perseguição.

Eu busco a verdade
Muitas vezes pela refutação
Cada mentira que refuto
Me deixa mais perto da real verdade
Pois só existirá verdade onde existir realidade.

Talvez nunca chegue a conhecer esta real verdade
Mas e daí?
Continuarei a buscá-la
E refutando mentiras continuarei.

Mesmo com algumas provas
Tenho dúvidas
Enquanto outros sem provas nenhuma
Têm a certeza de conhecer a verdade.

Seriam os deuses mais gratos para com eles do que para comigo
Claro que não, deuses não existem
Falta-me então, talvez, inteligência e perspicácia para conseguir ver o que eles veem
Sentir o que eles sentem
Crer no que eles creem
Perceber enfim o que percebem.

Alguns afirmarão, na certeza que juram ter, de que o transcendente lhes teria dado
Que falte sim é simplicidade e talvez mesmo humildade para aqueles que pensam como eu.
Sinto muito por estes
Prefiro seguir realizando minha humanidade
Assim sobra-me apenas continuar a viver
E a amar o imanente
A amar a vida
A amar o social
A amar o que é natural como eu
A mostrar minha reverência pela natureza
A mostrar meu amor pelos vivos
A mostrar meu respeito pelo social
A mostrar minha revolta frente a uma sociedade que no geral busca a sua salvação individual.
Salvação para que? Salvação para onde? Se aqui somos seres fatais.


Prefiro continuar a amar o real e o natural, e a me expor contra tudo e todos que dão mais valor ao transcendente, que preferem colecionar bônus visando um momento futuro. Eu prefiro a realidade de uma única existência, procurando tentar fazer valer a pena viver a plenitude da minha existência, mesmo que em uma imperfeita humanidade, buscando construí-la enquanto vivo, enquanto aprendo a viver, e enquanto a vida me for companheira, frente a necessidade de um social justo e digno.



#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O que somos?

O sábio é um egoísta que deu certo

Olhar-se e perceber-se