Nada é para sempre, nada é eterno

Não obstante eu repetir esta frase, não somente para os outros, mas para mim mesmo, tanto em relação as dificuldades que já vivi, como a aquela que agora passo, no fundo, no mínimo, tenho sérias dúvidas quanto a sua verdade. É uma frase que acalma e que transmite certa coragem em continuar lutando, entretanto tão logo termino de expô-la ou de nela pensar, vem-me logo a mente que ela não é uma verdade absoluta. No geral não me sinto nada confortável com o uso e o sentido dos termos nada, sempre, tudo, nunca, jamais, e etc. São termos de difícil garantia e sustentação, a vida, o viver é complexo, nossa mente é plástica, e assim garantir a validade destes termos como parte de assertivas me parece impossível. Neste caso, além dos termos nada e sempre, me vem a mente situações que derrubam a assertiva. A primeira delas é nossa companheira de primeiríssima hora, a morte, nada é mais eterno que a morte. Desta forma, algumas coisas podem ser eternas, outras podem não ser eternas, mas perenes o suficiente para atravessarem conosco nossa vida. Entendo que no varejo de nosso dia a dia, para a maioria das coisas, a frase parece ter alguma verdade, e que mudanças podem ocorrer, e transformarem nossa realização do viver, para o bem ou para o mal, ou melhor, algumas vezes para o bem e outras para o mal.

Muitas coisas não são para sempre, e podem mudar de uma hora para outra, ou podem sofrer de transformação lenta, de forma contínua ou discreta, aos saltos, entretanto, algumas coisas podem ter presença por um espaço de tempo tal, que para uma vida humana, seja algo que não mude, e assim, não podemos nos culpar ou culpar quem que seja porque algo não mudou, porque algo perdura, porque algo se relaciona continuamente com nosso viver...




#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Por derradeiro o nada

Ando nervoso