Provoque-se

Provoque-se, mas provoque-se com revolta sincera, criativa e independente, com revolta construtiva, com revolta compromissada com um bem querer, daquela que te despe por completo e que te desconstrói, não para destruí-lo, mas sim para transformá-lo, libertá-lo, emancipando-o humanamente de tudo que o possa limitá-lo, aos poucos que seja.

Provoque-se, provocando suas ideias, suas crenças, suas “verdades”, seus “saberes”, sua real solidão de si mesmo, permitindo-se ouvir a si mesmo, desbloqueando seu próprio ser, sentindo suas entranhas pessoais, redescobrindo possíveis estranhos de si mesmo, se juntando enfim ao real do que você realmente é.

Provoque-se, na busca de perceber suas aparências, suas falsidades, suas trapaças, seus embustes, não necessariamente para se envergonhar, mas sim para se questionar, se criticar, se racionalizar, se sentir, se analisar, nunca isolado da realidade do viver, nunca iludido quanto a situação político, econômica e social que nos cerca, nunca desconexo com o animal que te faz ser, com o humano que deveria te identificar, o social que deveria te mover e o natural que te permite existir. 

Provoque-se, para provocar o todo. Seja um agente de transformação, mas para isto ouse iniciar por si mesmo a provocação e a transformação. Que este pensamento, estas palavras, seja um compromisso para comigo mesmo, que esta provocação cale profundamente em mim, principalmente em mim, a começar por mim...




#ateu
#ateuracional
#livrepensar
#ateuracionalelivrepensar
ateu
ateu racional ateuracional
livre pensar   livre pensador   livre pensadores

Sou um ateu racional e um livre pensador, ou melhor, eu sou um ateu que tenta ser (que se compromete a ser) racional e livre pensador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

O que somos?

O sábio é um egoísta que deu certo

Olhar-se e perceber-se