Empatia

Empatia não necessita de simpatia, e quando existe, sobrevive naturalmente a antipatia. Empatia é uma palavra muito em voga, e que cada vez mais assume importância no mundo dos negócios e de TI. É ela, um complexo mix de sentimentos, emoções, comportamentos e até mesmo de compromisso. Poucos realmente sabem o que seja em essência, muitos sequer preveem o real alcance natural, social e profissional de ser empático. Mas mesmo assim, muitos repetem a importância da empatia. Empatia é um estado subjetivo de ser, de estar e de ver, de sentir e reagir em relação aos outros, mas não em relação a como nos comportaríamos se fossemos os outros, e sim em relação a como os outros devem em verdade estar sentindo, absorvendo e reagindo a realidade que os envolve. É muito fácil nos colocarmos no lugar dos outros, com nossa forma de pensar, reagir e sentir, com nossa bagagem cultural, e nosso arcabouço mental, mas isso não é empatia. Empatia é muito mais difícil, é se colocar no lugar do outro, como se fossemos realmente o outro, com sua cultura, suas sensibilidades, suas idiossincrasias, com sua capacidade de ser, sentir e pensar. É tentar, de verdade, compreender ou experimentar mentalmente, o que o outro possa estar sentindo, e não como nos sentiríamos no lugar do outro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre arbítrio

Sorrio

Não creio que exista alguma lei do retorno